Fórum de Transparência, Participação e Controle Social

A Sociedade no Acompanhamento e Controle da Gestão Pública


New Document 1ª Consocial
Apresentação
Delegados Nacionais
Adesões Estaduais
Vídeos
Reunião online
Home


Propostas:

Nacional
Acre
Alagoas
Amapá
Amazonas
Bahia
Ceará
Distrito Federal
Espírito Santo
Goiás
Maranhão
Mato Grosso
Mato Grosso do Sul
Minas Gerais
Pará
Paraíba
Paraná
Pernambuco
Piauí
Rio de Janeiro
Rio Grande do Norte
Rio Grande do Sul
Rondônia
Roraima
Santa Catarina
São Paulo SPO
Sergipe
Tocantins

Contato: andre61@gmail.com

Prefeito Fernando Haddad entrega na Câmara Municipal o Projeto de Lei do novo Plano Diretor Estratégico - PDE

Data: 26.09.13
Local:
Plenário 1º de Maio - Câmara Municipal de São Paulo, Viaduto Jacareí, 100 - Bela Vista - São Paulo
Horário:
15h
Fonte: RenattodSousa / CMSP

A Câmara Municipal recebeu nesta quinta-feira do prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, a proposta do novo Plano Diretor Estratégico - principal instrumento para orientar o desenvolvimento da cidade – elaborado pelo Executivo após uma série de audiências públicas com a população.

Durante a entrega do documento, Haddad afirmou que tem confiança no trabalho dos vereadores para as possíveis mudanças que poderão ser realizadas nesse projeto. “Essa Lei, assim como todas as outras propostas enviadas pelo Executivo para essa Casa, será modificada para melhor”, declarou o prefeito.

As principais propostas desse Plano Diretor são voltadas para resolver os problemas de moradia e mobilidade urbana da capital paulista. Segundo Haddad, as áreas de Zeis (Zonas Especiais de Interesse Social) estão sendo ampliadas e estimuladas. “Estamos criando um conceito de cidade diferente. Vamos adensar onde tem transporte público e o contrário nos miolos. Isso fará com que pessoa deixe o carro em casa e pegue o transporte público”, sinalizou.

O presidente da Câmara Municipal, vereador José Américo (PT), destacou a importância do Plano Diretor para a capital paulista. “São Paulo precisa rever sua forma de desenvolver e expandir a economia e ter uma cidade mais humana e com melhor qualidade de vida”, disse.

Para o presidente da Comissão de Política Urbana, Metropolitana e Meio Ambiente, vereador Andrea Matarazzo (PSDB), é necessário mais debate antes de o Plano Diretor ser aprovado pelo legislativo. “A nossa comissão vai fazer mais audiências públicas para se construir um projeto adequado para a cidade, e que não se preocupe apenas com o centro expandido, mas que se discuta também as regiões mais distantes”, adiantou. Matarazzo também falou sobre as votações da matéria. “ Acho difícil que esse projeto seja votado antes do próximo ano”, disse.

No entanto, o vereador Nabil Bonduki, também integrante da Comissão, acredita que o projeto esteja em condições de ser votado ainda neste ano. "Vai depender fundamentalmente dos encaminhamentos. Mas existe sim a possibilidade de ser votado neste semestre após os vários debates", disse.

População

A Câmara Municipal preparou uma série de ações para divulgar o Plano Diretor Estratégico e permitir que as pessoas participem intensamente dos debates até que o texto seja aprovado. “ Teremos uma revista, um hotsite para receber as sugestões da população, uma cartilha, audiências públicas e também divulgaremos nos meios de comunicação o projeto”, explicou o presidente José Américo.

Confira a Íntegra do PDE

Informações sobre o Projeto do PDE:
http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/desenvolvimento_urbano/legislacao/plano_diretor/index.php