Fórum de Transparência, Participação e Controle Social

A Sociedade no Acompanhamento e Controle da Gestão Pública


New Document 1ª Consocial
Apresentação
Delegados Nacionais
Adesões Estaduais
Vídeos
Reunião online
Home


Propostas:

Nacional
Acre
Alagoas
Amapá
Amazonas
Bahia
Ceará
Distrito Federal
Espírito Santo
Goiás
Maranhão
Mato Grosso
Mato Grosso do Sul
Minas Gerais
Pará
Paraíba
Paraná
Pernambuco
Piauí
Rio de Janeiro
Rio Grande do Norte
Rio Grande do Sul
Rondônia
Roraima
Santa Catarina
São Paulo SPO
Sergipe
Tocantins

Contato: andre61@gmail.com

Pesquisa: sociedade civil foi maioria nas Conferências
11/05/2012 - fonte: CGU
http://www.consocial.cgu.gov.br/noticias/pesquisa-sociedade-civil-foi-maioria-nas-conferencias/

Levantamento aplicou mais de 300 mil questionários entre julho de 2011 e abril de 2012

Pesquisa realizada durante as etapas preparatórias da 1ª Conferência Nacional sobre Transparência e Controle Social (1ª Consocial), realizada entre julho de 2011 a abril de 2012, revela que a maioria dos participantes das Conferências Estaduais, Municipais e Livres são representantes da sociedade civil. Segundo o levantamento, a participação desse público chegou até 61% nas Conferências em que foram aplicados os questionários. Os demais segmentos chegavam até 30%.

Outro número que ganhou destaque foi o da participação de mulheres nas etapas preparatórias. Elas representaram 59%, 58% e 50% de participação nas Etapas Livres, Estaduais e Municipais, respectivamente.

A faixa etária dos participantes variou de acordo com cada etapa. Nas Conferências Livres, por exemplo, a maioria dos participantes tinha entre 16 e 30 anos, com 40% do público. Já nas Conferências Estaduais, a maioria dos das pessoas tinha entre 41 a 50 anos. Nas municipais, os participantes com idade entre 31 a 40 anos tiveram a maior participação (30%).

Foram respondidos 3.692 questionários nas Conferências Livres, 48.280 questionários respondidos pelos participantes nas Municipais/Regionais e, ainda, 289 nas Estaduais.

Além de avaliar o perfil de cada um, o levantamento também abordou aspectos relacionados à Consocial, como os Eixos Temáticos, os processos de trabalho e os materiais disponibilizados para realização das etapas preparatórias. Quando questionados sobre se as informações sobre os Eixos Temáticos da 1ª Consocial permitiram sim a qualificação da participação da população nos debates da Conferência, sendo 71% das Conferência Livre; 70% das Municipais/Regionais; 53% das Estaduais.

A opinião dos participantes sobre a facilidade dos diálogos e a proposição das diretrizes nas dinâmicas de trabalho também teve boa aprovação: concordam totalmente: 71% dos participantes das livres, 70% das municipais e 53% das estaduais.

Sobre a possibilidade de estarem em uma nova edição da Consocial, 90% dos entrevistados afirmaram que participariam sim de um novo processo conferencial, pela relevância do tema.

Coordenações Estaduais e Municipais

Além dos participantes da sociedade civil, conselhos de políticas e poder público, o questionário também avaliou a opinião dos representantes das Comissões Organizadores Municipais, Regionais e Estaduais. Nas respostas, 64% por centro avaliaram a proposta metodológica para a Conferência “muito boa”. Sobre as informações disponíveis no site da 1ª Consocial, 69% afirmaram que todas permitiram uma compreensão adequada das regras gerais da Conferência e, 74% se sentiram qualificados depois do acesso aos materiais disponibilizados. Sobre os eixos temáticos da Consocial, 79% afirmaram que os temas abordados foram de relevância para o debate e para a elaboração de um Plano Nacional de Transparência e Controle Social.