Fórum de Transparência, Participação e Controle Social

A Sociedade no Acompanhamento e Controle da Gestão Pública


New Document 1ª Consocial
Apresentação
Delegados Nacionais
Adesões Estaduais
Vídeos
Reunião online
Home


Propostas:

Nacional
Acre
Alagoas
Amapá
Amazonas
Bahia
Ceará
Distrito Federal
Espírito Santo
Goiás
Maranhão
Mato Grosso
Mato Grosso do Sul
Minas Gerais
Pará
Paraíba
Paraná
Pernambuco
Piauí
Rio de Janeiro
Rio Grande do Norte
Rio Grande do Sul
Rondônia
Roraima
Santa Catarina
São Paulo SPO
Sergipe
Tocantins

Contato: andre61@gmail.com

Prefeitura anuncia comissão que organizará Conferência sobre Transparência e Controle Social

Secretaria Municipal de Planejamento divulga portaria com relação de representantes do poder público, entidades e conselhos que integrarão órgão responsável pela preparação da Consocial na cidade de São Paulo, a ser realizada dia 27/2
Airton Goes
airton@isps.org.br

Faltando menos de 30 dias para a data da Conferência Municipal sobre Transparência e Controle Social – Consocial, a Prefeitura de São Paulo divulgou nesta terça-feira (31/1) a relação de secretarias, entidades da sociedade civil e conselhos da cidade que integrarão a comissão organizadora do evento. A instituição do órgão foi oficializada pela Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão (Sempla), por meio da Portaria nº 11/2012 publicada no Diário Oficial do Município. Entretanto, nenhuma reunião foi marcada até o momento para que a comissão possa iniciar os trabalhos.

A composição da Comissão Organizadora Municipal (COMU) que terá a missão de preparar a Consocial na capital paulista – marcada para o dia 27 de fevereiro, das 8 às 18 horas, no Palácio de Convenções do Anhembi –, segue a proporcionalidade definida no regimento da conferência nacional: 60% de representantes da sociedade civil, 30% do poder público e 10% dos conselhos municipais.

Além da Sempla, farão parte da COMU as secretarias municipais de Governo e de Negócios Jurídicos, a Corregedoria Geral do Município, a Câmara Municipal de São Paulo e o Tribunal de Contas do Município.

Entre as 12 organizações da sociedade civil que integrarão a comissão estão: Adote um Vereador, Movimento Voto Consciente, Instituto Ethos, Rede Nossa São Paulo, Instituto Ágora, Transparência Hacker e Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE). Os dois conselhos municipais são o da Assistência Social e o da Criança e Adolescente.

A 1ª Conferência sobre Transparência e Controle Social – 1ª Consocial tem por objetivo debater e aprovar propostas destinadas a ampliar a transparência e tornar mais efetivo o controle social sobre as políticas e os gastos públicos nas três esferas de governo (municipal, estadual e federal). O processo da conferência prevê as etapas municipais ou regionais (que estão sendo realizadas agora), as estaduais e a nacional.

Além de debater e aprovar propostas para serem levadas às próximas etapas da Consocial, a Conferência Municipal de São Paulo elegerá 60 delegados que farão parte da conferência estadual, marcada para o período de 30 de março a 1º de abril de 2012.

Mesmo discordando da forma como a Prefeitura de São Paulo tem conduzido o processo até aqui e apesar do curto espaço de tempo disponível para a preparação e, principalmente, para a divulgação da conferência municipal, a Rede Nossa São Paulo e outras organizações da sociedade civil envolvidas com o tema orientam as demais entidades e todos os cidadãos que consideram a transparência e o controle social instrumentos importantes para a redução da corrupção e o melhor aproveitamento dos recursos públicos a participarem do evento.

Fonte: http://www.nossasaopaulo.org.br/portal/node/17438